Curtir e Compartilhar:

A erupção ocorreu no domingo nas proximidades da cratera do vulcão Taal, na ilha de Luzon, a cerca de 60 quilômetros ao sul da capital Manila. Autoridades dizem que colunas de fumaça atingiram cerca de 15 mil metros de altura.

Cinzas vulcânicas caíram por toda a região. Nas províncias de Batangas e Cavite, um grande número de moradores se refugiou em abrigos. Autoridades locais estimam que cerca de 18 mil pessoas foram deslocadas.

A província de Batangas, a mais duramente atingida, declarou na segunda-feira “estado de calamidade”, que permite que recursos sejam alocados do orçamento nacional para operações de resgate e esforços relacionados.

Após a declaração, o governo central enviou tropas e equipes médicas às áreas atingidas pelo desastre.

O Instituto de Vulcanologia e Sismologia das Filipinas elevou o alerta no Taal para o nível 4, o segundo mais alto da escala. Isso indica que uma perigosa erupção é iminente.

Curtir e Compartilhar: