Curtir e Compartilhar:

SAITAMA – A Agência de Ciência e Tecnologia do Japão alertou que o país está perdendo competitividade na área de pesquisa.

O número de citações de teses escritas no Japão tem caído ao longo dos anos, enquanto os EUA seguem na ponta em muitas áreas, com a China cada vez mais forte em todas as áreas.

Foram analisadas 151 áreas das ciências naturais, que incluem especializações como inteligência artificial, astronomia, biotecnologia, entre outros.

Em 2017, considerando a média de citações em 3 anos, das 151 áreas avaliadas, os EUA lideraram em 80 delas, com a China liderando as 71 restantes.

O Japão tem como melhor resultado dois terceiros lugares em pesquisas relacionadas ao câncer. O quadro não necessariamente mudou desde 1997, mas neste 20 anos países como a China mostraram um forte crescimento em áreas ligadas a indústria.

Para piorar, enquanto em 1997 o Japão aparecia no top 5 em 83 áreas, em 2017 o número caiu para apenas 18.

A Agência de Ciência e Tecnologia do Japão avalia o resultado como “esperado” em relação à China e EUA considerando o grande valor de dinheiro investido em pesquisa. Porém, alerta que a situação do Japão é “extremamente preocupante”, já que o país não está mais no top 5 em muitas áreas.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: