Início Comunidade Agência de viagens de Mogi das Cruzes é acusada de estelionato contra...

Agência de viagens de Mogi das Cruzes é acusada de estelionato contra família que pretende viajar para o Japão

8589
Curtir e Compartilhar:

O delegado Argentino da Silva Coqueiro, abriu inquérito, para apurar os crimes de Estelionato e de Retenção de Documentos em desfavor do proprietário da Agência CFM Turístico, Kiyoshi Kumagai, de 74 anos.

Cristina Oliveira Sato Pinheiro, de 39 anos, denunciou a agência após contratar os serviços e nada foi resolvido até o momento. Cristiane deu entrada para obtenção dos vistos para ela e a filha de 7 anos, pagando cerca de R$ 5 mil, em dinheiro e assinar duplicatas em torno de R$ 10 mil reais.

Sem as passagens Cristiane conta que está com problemas pois já arranjou emprego no Japão e já pode iniciar o trabalho.

A situação agravou-se depois que Cristiane pediu o dinheiro de volta e os passaportes, já com os vistos, além de rasgar o contrato registrado em Cartório e as duplicatas. Cristiane ainda foi ameaçada pela mulher dele, Fátima, sócia na agência. Dizendo que a melhor coisa seria ficar entre nós e pediu mais dinheiro.

Cristiane foi ouvida no início da semana e o dono da agência será intimado para dar explicações e devolver os passaportes.

“A agência de Mogi está me criando muitas dificuldades, pois com a ida do meu marido para o Japão, fui morar com a minha sogra e todo o dinheiro que havia recebido do último emprego foi investido na viagem”, disse Cristiane, que precisa resolver o problema até o dia 28 de fevereiro, pois vencerá o seu visto.

 

Curtir e Compartilhar: