Curtir e Compartilhar:

Os grandes centros de pesquisa astronômica de todo o mundo como a NASA, a JAXA (Japão) e a ESA (Europa) planejam construir uma nova estação espacial.

A atual fica na órbita da Terra, enquanto a nova, chamada de Gateway, ficará afastada 380 mil km da Terra, na órbita da Lua.

O plano é construir a Gateway nos próximos 7 anos, terminando o projeto em 2026. Na segunda-feira (11) as principais agências espaciais do mundo definiram o cronograma e dividiram as atividades de construção.

A Agência Aeroespacial do Japão (JAXA) ficou com a responsabilidade de desenvolver o “alojamento dos astronautas” em cooperação com a Agência Espacial Europeia (ESA). Além disso, a JAXA também vai cooperar com a NASA no desenvolvimento do canal de ligação logístico entre a Terra e a nova estação espacial. Do canal chegarão e sairão espaçonaves, satélites e outros equipamentos com suprimentos.

O diretor da JAXA, Koichi Wakata, prometeu cooperar com o desenvolvimento de tecnologia para suprir a nova estação e também os quartos dos astronautas. Wakata espera que o Japão se torne um dos principais países na área espacial nas próximas décadas e disse que “o plano não é só para analisar a superfície da Lua, mas também já estamos pensando em futuras explorações em Marte”.

O projeto começa oficialmente este ano, mas as obras de construção da estação se iniciam apenas em 2022, com previsão de término para 2026.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: