Curtir e Compartilhar:

O governador de Aichi, Hideaki Omura declarou estado de emergência que inicia na quinta-feira (6), em meio o aumento de infecções em Nagoya e arredores.

O estado de emergência em toda a província, tem duração entre quinta-feira até 24 de agosto, e as autoridades pedem para os moradores que não viajem através das fronteiras e  evitem passeios não essenciais e não-urgentes

A declaração visa impedir a disseminação do vírus mortal, reduzindo os movimentos das pessoas durante as férias de verão, especialmente o período anual de Obon na próxima semana, quando muitas pessoas retornam às suas casas de família.

O estado de emergência, no entanto, não tem poder vinculativo e continua sendo um mero pedido de autocontrole por parte dos residentes para fazer visitas ao lar e passeios desnecessários.

Casos
Na quarta-feira, Aichi confirmou 144 novos casos. Um recorde de 193 infecções foi relatado na sexta-feira passada, depois que as contagens diárias começaram a aumentar em meados de julho. Acredita-se que Nagoya, a capital, seja o epicentro de infecções recentes.

Enquanto isso, Shigeru Omi, chefe do subcomitê do governo no combate ao novo coronavírus, aconselhou os viajantes que estão indo para sua casa nas férias de Obon a ter cuidado ao usar uma máscara, lavar as mãos e ventilar o quarto o suficiente.

Ele disse que o subcomitê aconselhará o governo a alertar o público para evitar reuniões familiares que envolvam beber e comer, o que poderia colocar os idosos, que são mais vulneráveis ​​ao vírus, em maior risco de infecção.

Tóquio
Além de Aichi, Tóquio viu o número de novas infecções por coronavírus cair na quarta-feira (5), com o governo metropolitano confirmando 263 casos.

Autoridades disseram que 1.061 testes foram realizados no domingo. Normalmente, o governo metropolitano recebe e relata resultados três dias após a realização de um teste.

Quarta-feira foi o nono dia consecutivo em que Tóquio notificou mais de 200 casos de COVID-19.

Depois que o total de infecções da capital ultrapassou 14.000 no dia anterior, a contagem de quarta-feira a elevou para 14.285, segundo dados do governo metropolitano de Tóquio.

Kanto
Em outras partes da região de Kanto na quarta-feira, o governo de de Kanagawa confirmou 81 casos e a província de Chiba viu 50 casos, informou a emissora pública NHK.

Okinawa e Osaka
Enquanto isso, Okinawa relatou 77 novos casos de COVID-19, um dia após registrar um registro de um único dia 83, e autoridades de Osaka confirmaram 196 infecções.

 

 

Fonte/Foto: Kyodo 

Curtir e Compartilhar: