Curtir e Compartilhar:

KANAGAWA (IPC Digital) – A polícia de Kanagawa prendeu um americano de 41 anos de idade acusado de desovar o corpo de uma mulher que foi encontrado boiando no dia 29 de julho na baía de Koajiro.

A polícia identificou o suspeito como Gregory Joseph Gumo, que mora em Yokohama. Segundo informações da TV Fuji, ele nega o crime. Gumo foi detido pela polícia no Aeroporto de Haneda enquanto esperava para embarcar para os EUA.

O corpo de Mariko Akitaya (42) foi encontrado enrolado em um lençol amarrado com uma corda sem sinais de violência física. Um bloco de concreto foi usando como âncora para manter o corpo submerso.

A autópsia encontrou água nos pulmões de Akitaya, indicando que ela ainda estava viva quando foi jogada no rio. Marcas na areia em um local próximo indicam que ela foi arrastada até um barco, onde teria sido levada para longe da margem e atirada na água.

Imagens de câmeras de seguranças mostram que os dois estavam juntos dentro de um carro que pertence a esposa do americano Segundo testemunhas, o americano sempre frequentava a área para pescar.

Gumo e Akitaya se conheceram em um site de relacionamentos em abril. O americano é casado com uma japonesa e tem três filhos.

Curtir e Compartilhar: