Curtir e Compartilhar:

O gosto pelo trabalho na área de TI e a formação acadêmica ajudou a empresária Grace Oseki a ter um plano de carreira, e mesmo estando no Japão, lhe proporcionou poder atuar na área.
Sua formação acadêmica no Brasil inclui pós-graduação em Análise de Sistemas, na área tecnológica de desenvolvimento e análise de sistemas, e seu currículo profissional registra experiências como analista de sistema sênior em grandes empresas como a Agip Liquigás e grupo Santista, no desenvolvimento de sistemas administrativos, de produção, etc, e implantação e treinamento de usuários para melhor entender e trabalhar com estes sistemas.

Em 1992 Grace veio ao Japão com o proposito de trabalhar na área de sistemas de computadores, e também motivada pelo desafio de morar e se aprimorar profissionalmente em um país estrangeiro.
Enquanto trabalhava, simultaneamente estudou o idioma japonês, fez alguns cursos de artes, se planejou, e conseguiu capitalizar para fazer um almejado curso de computação gráfica, que naquela época (1996) era inovador.
Tendo em mente as referências e os ensinamentos de sua mãe (in memorian), que lhe transmitiu o desejo de crescer, buscar, e criar o seu espaço na sociedade e no mundo, Grace decidiu ir ao Canadá realizar o seu objetivo de estudo. A empresária explica que a escolha de ir ao Canadá foi pela língua e pela beleza do país que a encantava.
Ela estudou na Vancouver Film School, onde contou com os ensinamentos de excelentes professores que já atuavam no mercado da arte digital no Canadá e nos EUA.
O curso lhe possibilitou uma conexão com a arte, com a fotografia, com o desenho artístico, e com a experiência de computação ficou completo.
“Arte e tecnologia, que combinação perfeita” suspirou encantada, enquanto relatava suas experiências à Revista Super Vitrine. E continuou dizendo que realmente quando queremos, o universo nos proporciona aquilo que precisamos para nos desenvolvermos e estarmos sempre melhores para poder oferecer este melhor à vida, e a todos que convivem e compartilham conosco.
Grace diz que isto é a definição de prazer pela vida, de fazer o que ama, e amar o que se faz; e que a vida é muito intensa, e proporciona lições e um crescimento incrível.
A independência e nascimento de uma empresa – Estar sempre aberto às oportunidades e disponível para alianças é fundamental para empreender e crescer.
Seguindo essa filosofia, foi inaugurada em 2004 a ATEC – Art & Technology, no centro empresarial de Nagoya.

A localização da escola no bairro de Marunouchi é privilegiada, e há 15 anos tem como vizinho o Consulado-Geral do Brasil em Nagoya.
Grace Oseki é muita agradecida pelas oportunidades que teve para desenvolver a instituição, e cita em seus agradecimentos o sócio fundador que a ajudou desde o início, Paulo Osaku, a companheira que participou ativamente nos projetos, Debora Akama, e seus colaboradores, ressaltando a Pamela Nagano, que foi “seu braço direito” e guerreira nos momentos mais difíceis da ATEC.

Pamela Nagano

Abrir e gerir uma empresa é sempre um grande desafio, que se amplia quando o idioma, cultura e costumes são diferentes para o gestor.
No entanto, Grace driblou esses obstáculos com muito trabalho, humildade e amor ao que faz, e obteve inclusive a aprovação do governo para ministração de cursos em conjunto com a Hello Work.
O cadastro da escola atingiu a marca de 2.500 alunos que passaram pela instituição ao longo dos 15 anos de atuação, e que participaram anualmente da formatura. Oportunidade que um representante do Consulado prestigia a cerimonia como autoridade e apoio para incentivar os formandos a continuarem em suas metas e carreiras.
Grace salienta que poder ensinar é o maior aprendizado que se pode ter, pois como diz o ditado, quem ensina aprende duas vezes, e quando fazemos com dedicação e amor o aprendizado é imensurável.
Na ATEC, os professores e orientadores procuram sempre valorizar o potencial e a vocação de cada pessoa para desenvolver o seu melhor talento, pois acreditam que todos estão aqui nesta vida para aprender, crescer, desenvolver e oferecer o seu melhor no trabalho, nos negócios e nos relacionamentos.
E encorajam todos, lembrando que mesmo que esteja em um trabalho de fábrica, se o fizer da melhor forma possível, com muito valor, princípio ético e moral, muitas oportunidades podem surgir.
No entanto, buscar se aprimorar, aprender, sair da zona de conforto, e ter a coragem de enfrentar novos desafios sempre trará inúmeras recompensas e boas oportunidades na vida.
A ATEC aproveita toda a experiencia e know how para aperfeiçoar os cursos, criar novos, e informa que em breve será oficializada uma ramificação da instituição que se chamará ATEC Business, onde realizará outros tipos de negócios e oportunidades, além da formação de cursos e profissionalização.

Grace Oseki

No final da conversa com a Super Vitrine, a empresária revelou um dos seus “mantras” e deixa como mensagem para todos: “Normalmente as oportunidades estão disfarçadas de trabalho árduo, é por isso que a maioria das pessoas não as reconhecem.” Citação de Ann Landers – escritora e jornalista estadunidense.

Curtir e Compartilhar: