Curtir e Compartilhar:

GUNMA – O número de pessoas infectadas com o novo vírus corona está aumentando novamente na província de Gunma com o número de pessoas infectadas desde 1º de setembro.

De acordo com o Asahi Shimbun, o número de infectados na última semana é o quarto maior no Japão, depois de Tóquio, Osaka e Kanagawa. O governador Ichita Yamamoto anunciou em uma entrevista que o sistema de inspeção poderia ser expandido.

O número de novos infectados por 100.000 pessoas na última semana na província é de 4,6 casos. A vizinha prefeitura de Nagano exige que os cidadãos da prefeitura tenham cautela ao viajar.

O governador explicou: “A partir da infecção entre os jovens, o centro da infecção está se deslocando para as casas e locais de trabalho”.

Também foi revelado que cerca de 70% dos 90 novos infectados entre os dias 10 e 16 de setembro são estrangeiros, como Peru e Brasil.

Na cidade de Ota, muitos trabalhadores pertencem a gigante de autopeças “Nippatsu”, que possui um grupo de infectados com 18 estrangeiros.

De acordo com as autoridades de Gunma, a capacidade de fiscalização diária deverá dobrar dos atuais 450 casos para 900 casos até o final de outubro, fortalecendo a disseminação de informações para residentes estrangeiros. “Queremos nos concentrar na distribuição de folhetos explicando as medidas de prevenção de infecções de acordo com o estilo de vida dos estrangeiros, visitando diretamente empresas com muitos funcionários estrangeiros, instalações religiosas, etc., e disseminando informações em vários idiomas via SNS”.

A porcentagem de residentes estrangeiros é a terceira maior no Japão. “As pessoas infectadas são vítimas. Evite calúnias e discriminação contra as pessoas infectadas, incluindo cidadãos estrangeiros”, enfatizou o governador.

Fonte: Asahi Shinbum

Curtir e Compartilhar: