Curtir e Compartilhar:

A prefeitura de Echizen, província de Fukui, vai incluir no Exame de Admissão de Professores de Creches e Jardim de Infância uma prova oral de português.

A medida começará a valer a partir de abril do ano que vem. Os candidatos interessados poderão solicitar o teste, que dará pontos extras no resultado final, de acordo com a performance do candidato.

O governo de Echizen decidiu adotar a ideia, pois na cidade vivem mais de 3.104 brasileiros. A maior parte trabalha nas fábricas de peças eletrônicas da cidade e deixam seus filhos nas creches e jardins de infância da vizinhança.

Segundo o governo local, o número de crianças brasileiras que frequentam as instituições regionais de ensino é de 194 pessoas ou 6,1% do total.

Em algumas creches de Echizen, como a de Kamiota, entre as 81 crianças da instituição, 34 são estrangeiras. Dois tradutores e intérpretes são encarregados de ajudar as crianças brasileiras, entrando em contato e passando as instruções aos pais, além de intermediar a conversa entre professores e responsáveis.

No entanto, nem sempre o número de profissionais é o suficiente, por isso o governo local quer incentivar os futuros professores a aprender português, dando como benefício a possibilidade de ganhar pontos extras no exame.

Fonte: Mainichi Shinbun

Curtir e Compartilhar: