Curtir e Compartilhar:

O Ministério das Finanças do Japão anunciou que as exportações do país ficaram em 6,3 trilhões de ienes em setembro de 2019.

O resultado representa uma queda de 5,2% em relação ao mesmo período do ano passado, correspondendo ao décimo mês seguido de queda.

O motivo principal do resultado ruim foi a queda nas exportações para a China, um dos principais parceiros comerciais do Japão. A guerra comercial travada entre China e EUA derrubou as exportações japonesas para os chineses em 6,7%, fechando em 1,17 trilhão de ienes.

Já as exportações para a Coreia do Sul caíram em 15,9% em relação ao mesmo período do ano passado, ficando em 402,8 bilhões de ienes. O resultado negativo se deve à piora nas relações comerciais entre os dois países.

No entanto, mesmo as exportações para grandes aliados, como os EUA, também sofreram queda. O total exportado aos americanos caiu em 7,9% ficando em 1,18 trilhão de ienes.

As importações, por outro lado, também caíram em 1,5%, fechando em 6,49 trilhões de ienes.

O resultado da balança comercial japonesa foi de déficit de 123 bilhões de ienes, o terceiro mês seguido no vermelho.

Curtir e Compartilhar: