Curtir e Compartilhar:

Um “carrinho de compras robô” está sendo desenvolvido por pesquisadores japoneses e pode ajudar os idosos aos comprar itens que estão procurando e conduzí-los pela loja, mantendo-se longe de outros clientes.

Durante o processo de compras, a família poderá assistir todos os movimentos do comprador a partir de uma transmissão ao vivo, o carrinho robô será equipado com uma câmera de 360° e um videofone.

Os pesquisadores são da Escola de Graduação em Ciências e Engenharia da Universidade de Saitama, e querem produzir o utilitário ao público antes das Olimpíadas de Tóquio no próximo ano. Eles planejam também promovê-lo para o mundo como um meio de ajudar os compradores idosos.

O equipamento de comunicação permite que o comprador converse com outras pessoas em casa para que possam evitar os “3Cs” (confined and crowded spaces and close contact with others) ou espaços confinados e lotados e contato próximo com outras pessoas em meio à nova pandemia do coronavírus.

O professor Yoshinori Kobayashi, 47, que estuda tecnologias de robôs móveis, está liderando o projeto.

“Fazer compras é uma oportunidade rara para os idosos participarem da sociedade. O carrinho robótico pode orientar os idosos pela loja em nome dos cuidadores e transportar os itens. Isso também deve ajudá-los a se tornarem autossuficientes e reduzir a carga sobre os cuidadores”, disse Kobayashi.

Durante uma demonstração no outlet Kita-Urawa da rede de supermercados Aeon Co. em Saitama, o carrinho teve um desempenho acima das expectativas.

Mas ele perdeu de vista o comprador quando ele foi bloqueado por outros clientes e pelas prateleiras das lojas, o que levou os pesquisadores a fazer melhorias para poder identificar o usuário e rastrear os locais com mais precisão.

Se os usuários disserem ao carrinho inteligente “tomate”, ele os levará para a seção de vegetais. O carrinho também permite que eles saibam para onde está indo, anunciando: “Estou fazendo uma curva à direita” e assim por diante.

Para evitar colisões com outros compradores e obstáculos, o carrinho também é programado para parar por um momento quando chegar perto deles e, em seguida, voltar a guiar os usuários até seu destino. Com um mapa da loja e informações sobre mercadorias pré-instaladas, o carrinho reconhece sua localização atual e o usuário com um sensor de distância a laser montado em seu chassi e outros dispositivos.

O carrinho de compras robô durante uma demonstração em Kita-Urawa. (Yoshinori Kobayashi)

O carrinho também informa se eles estão em uma área próxima aos itens à venda, com mensagens em seu painel de exibição, como “Melancias são uma boa compra”.

Os idosos também podem usá-lo como um andador para ajudá-los a se locomover com mais facilidade.

Os carrinhos deverá custar erca de 500.000 ienes (US $ 4.670).
Eles também podem ser configurados em vários idiomas para que também possam ser usados ​​por estrangeiros.

The Asahi Shimbun/Saitama University’s Graduate School of Science and Engineering

Curtir e Compartilhar: