Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O Departamento de Polícia do Japão publicou na terça-feira (21) um relatório sobre a situação dos idosos com carteira de motorista.

A organização informou que no ano passado, um total de 1.932 carteiras foram canceladas ou suspensas por problemas de demência nos motoristas acima dos 75 anos. O número representa 5% da população de motoristas acima desta faixa etária.

Já o percentual de motoristas que pediram voluntariamente pelo cancelamento de sua habilitação ou foram reprovados nos testes de renovação, dentro da amostra considerada é muito maior. A polícia informou que 65,1% dos idosos não continuaram com as suas carteiras de motorista.

O Japão vive um sério problema de acidentes de trânsito provocados por idosos. A idade avançada dos motoristas levam a equívocos como confundir o pedal do freio com o acelerador, passar no sinal vermelho sem perceber, entre outras manobras que colocam a vida de outras pessoas em risco.

Fonte: Asahi Shinbun Digital 

Curtir e Compartilhar: