Curtir e Compartilhar:

No último domingo (22), O Comitê Olímpico Internacional realizou uma reunião com conselho de emergência por telefone. O COI disse que farão diversas reuniões a partir de agora para decidirem como os Jogos de Tóquio devem ser tratados, incluindo o possível adiamento durante a pandemia global de coronavírus.

As discussões sobre o tema serão feita por quatro semanas até tomarem uma decisão definitiva.
O Comitê disse que iniciará consultas com o Comitê organizador, o governo metropolitano de Tóquio e o governo japonês.

Mas o COI enfatizou que o cancelamento dos Jogos não resolveria nenhum problema ou ajudaria ninguém. Por isso, por enquanto o cancelamento ainda não está na agenda.

O COI também disse que as pessoas no Japão estão recebendo calorosamente a chama olímpica. Acrescentou que isso poderia fortalecer a confiança entre os anfitriões japoneses.

À medida que o coronavírus se espalha pelo mundo, vários qualificadores para os Jogos foram suspensos ou cancelados.

Atletas, organizações esportivas e comitês olímpicos em alguns países estão pedindo que os Jogos sejam adiados.

Na terça-feira passada, o COI afirmou em comunicado que “com quatro meses antes dos Jogos, não há necessidade de decisões drásticas nesta fase”.

Mas após cinco dias, depois de enfrentar uma onda de críticas, o Comitê foi solicitado a examinar melhor a possibilidade de adiamento.

Curtir e Compartilhar: