Curtir e Compartilhar:

O Diretor Geral Instituto Nacional de Doenças Infecciosas, Takaji Wakita, disse nesta terça-feira que havia enviado uma solicitação ao ministério da saúde, propondo novas medidas de quarentena para controlar o surto de coronavírus aos visitantes estrangeiros e viajantes japoneses que estiveram fora e retornaram ao país.

Foi instado ao governo a tomar medidas imediatas contra uma onda de casos vindo do exterior. Ele disse que o número de casos aumentou desde o dia 10 de março.

A proposta pede que todos os viajantes da Europa, sudeste da Ásia e países como o Egito se auto-isolem por duas semanas após a chegada, mesmo que não apresentem sintomas. Eles também serão orientados a não usar o transporte público.

Wakita disse que o painel está preocupado com o fato de que, se o vírus for trazido do exterior, ele poderá se espalhar enquanto o Japão está tentando conter o surto. Ele ressaltou que o governo precisa intensificar as medidas de quarentena.

Curtir e Compartilhar: