Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO (IPC Digital) – O Projeto Ikumen é uma campanha do governo que, desde 2010, vem incentivando os japoneses a assumirem um papel mais ativo na criação dos filhos. Atualmente, com as mulheres no mercado de trabalho, faz sentido para o governo ajudar a sociedade a repensar os papéis tradicionais dos membros das famílias.

Iku” vem de Ikuji (educação de crianças) e “men” significa homem, em inglês. Portanto, seria como estimular o desenvolvimento do novo papel masculino, que garante uma participação mais ativa do pai na vida de seus filhos.

Dentre as ações desenvolvidas pelo projeto estão: premiações para empresas que apoiam, com ações concretas, os funcionários homens a cuidarem de seus filhos, conciliando trabalho e família; distribuição de livros sobre Paternidade e Gestão de trabalho doméstico para pais; palestras; cursos sobre o tema, entre outros.

Além de impulsionar a economia, favorecendo a permanência da mulher no mercado de trabalho, a relação pai-filho tem outros benefícios. Segundo estudos da Psicologia, a qualidade na relação pai-filho aumenta a satisfação do pai com o seu papel, agindo diretamente na dinâmica familiar, ajudando a melhorar o comportamento dos filhos.

Os pais passam a se interessar mais pelo relacionamento com a mulher, promovendo melhor status emocional para o casal. Por outro lado, práticas parentais inadequadas podem acarretar problemas emocionais e comportamentais nos filhos. Para entender melhor, leia o artigo: Influência paterna no desenvolvimento infantil disponível no site.

O Projeto Ikumen está com edital aberto para premiar empresas que apoiam os funcionários homens na criação de seus filhos.

Os desafios para esta mudança de cultura são grandes. Mas é interessante saber que existe um programa para tentar fortalecer os elos familiares, a relação pai e filho e a saúde do trabalhador.

Conheça mais o projeto, acessando o site: Ikumen Project

FONTE: IKUMEN PROJECT

Curtir e Compartilhar: