Curtir e Compartilhar:

Adilson Minoru, mais conhecido como Dj Mr. Bean, é natural de Santo André (SP). Chegou ao Japão no início da década de 90 com apenas 17 anos, para tentar uma vida melhor. Seu intuito inicial era ficar apenas três anos, mas ao regressar para o Brasil, sentiu saudades do Japão e resolveu morar no país do Sol Nascente de vez.
Sempre muito apaixonado por música, aos 23 anos alugou uma disco para comemorar seu aniversário com os amigos. No local tinha diversos equipamentos para tocar, mas não tinha nenhum Dj na festa. Adilson sentiu uma vontade imensa de aprender a tocar, pois naquela época, ainda não tinha muitos Dj’s brasileiros nas baladas. Teve o apoio do Dj Robson que lhe ensinou todo o básico para que Adilson pudesse dar continuidade.
“Ele tocava no Bailão Sertanejo e para me ajudar, me encaixou pra tocar com ele em Toyohashi no Lahaina Disco Bar, em um evento promovido na época por uma loja de automóveis, a HC veículos. Era início dos anos 2000, tudo era muita novidade e amei ver a galera dançando, sabendo que de uma certa maneira eu estava levando alegria para as pessoas. Sou muito grato ao Dj Robson, meu irmão de coração que me deu apoio naquela época pra eu poder dar continuidade com a música até hoje.” Disse Adilson.
Atualmente muito conhecido como Dj de Baladas Sertanejas, toca diversos estilos, como, pagode, funk, reggaeton, entre outros estilos, mas para ele, o sertanejo está no coração.
Mr. Bean toca em eventos pelo Japão e já teve a oportunidade de mostrar seu talento se apresentando nas províncias de Aichi, Shizuoka, Gunma, Gifu e Mie. Como seu estilo é mais voltado para o sertanejo, foi convidado pelo Dj Claudinho para se apresentar no ID Bar, uma balada japonesa muito popular entre os estrangeiros, localizada em Nagoia (Aichi).“Sou muito grato aos promoters e donos de casas noturnas, pois nunca faltaram convites, geralmente quando toco em um lugar sempre volto, pois a grande maioria pede para eu voltar. Já toquei durante muito tempo no Parada Obrigatória de Toyohashi, no The Beer de Hamamatsu e Toyohashi, no Friends de Okazaki, no Night Cafe de Komaki e no Muvukas em Handa. Toquei também em Luais famosos, como o de Nakatajima, em Hamamatsu, na festa do Brasil em Nagoia, quando o Michel Telo se apresentou e também fiz algumas participações em shows de artistas famosos do Brasil, como Munhoz e Mariano.”
Para o Dj Mr Bean, conciliar a vida nos palcos, com a rotina do dia a dia, como o trabalho e casa, é bem complicado. Segundo ele, a vida de Dj diminui muito o seu tempo disponível, pois aos sábados se prepara para as apresentações, tenta descansar na parte da manhã para quando for tocar estar 100%.
Adilson se emociona com carinho, ao relembrar de um evento em que levou sua filha para assisti-lo. Para ele, foi a apresentação mais inesquecível da sua vida, pois enquanto tocava, sua filha pulava gritando: “papai está tocando.”
Adilson começou a tocar no início dos anos 2000. Por alguns anos foi aprendendo e observando como era promover um evento para os estrangeiros no Japão. Quando finalmente resolveu promover seu primeiro evento, era 2008, logo antes da crise mundial. Já tinha investido muito em equipamentos, mas mesmo perante as adversidades, ele não podia parar. Adilson se recorda daquele tempo, como “um momento especial”, pois mesmo diante da crise que o Japão enfrentava, chegaram a tocar para mais de 400 pessoas em plena sexta feira na Hunters, em Hamamatsu. Foi quando percebeu que mesmo diante da dificuldade financeira que muitos enfrentavam naquela época, as pessoas buscavam uma maneira de distrair a mente com entretenimento. As baladas estavam dando descontos para que o público pudesse se divertir de forma barata e isso foi bom, pois em meio a dificuldade, surgiram muitas oportunidades para que Adilson pudesse crescer e ser reconhecido cada vez mais entre os brasileiros.“Hoje tenho o apoio de amigos e até familiares. Mas no início não foi assim. Já fui muito criticado por investir praticamente meu salário inteiro da fábrica em eventos, mas esse era eu. Eu estava no início, queria fazer tudo. Tocar e promover também. Pra isso exigia um alto investimento financeiro, além do meu tempo. Mas o comodismo nunca fez parte da minha vida. Então encarei cada desafio, promovi bailões universitários e fui aprendendo muito como promoter e Dj. Isso me fez crescer como profissional e como pessoa. Quando olho pra trás, vejo que tudo valeu a pena.”
Adilson diz que para ser um Dj, requer muito mais paixão à música do que somente pensar no retorno financeiro. Segundo ele, o investimento as vezes é muito maior, pois um bom profissional deve ter ótimos equipamentos, no início muitos tocam de graça nas baladas ou eventos para serem conhecidos. O retorno financeiro vem aos poucos, mas é uma profissão que quem realmente ama, se sente realizado no fim de cada apresentação. Para Adilson que já tem mais de 20 anos de carreira e um nome consolidado na Comunidade Brasileira no Japão, tudo flui melhor e mais fácil. Mas Adilson frisa que para quem está começando, é necessário muita força de vontade e perseverança.

Mensagem ao leitor:
“Nunca desista daquilo que você quer. Pode ser difícil, pode demorar, muitas vezes exige tempo e dinheiro, mas o prazer, a satisfação, o orgulho pessoal de ter vencido não tem preço. Tenham sempre Deus no coração, fé na vida e acreditem sempre em você!
Gostaria de agradecer a todas as pessoas que confiaram em mim, no meu trabalho, mesmo eu sendo gago. Duas pessoas em especial, o Dj Robson, que me ensinou a tocar que me trouxe para os Bailões e ao Mc Takahashi, o cara que me lançou nas discos. Aos meus amigos que me acompanham ao longo destes anos, sou muito grato a eles.” Finalizou

Redes sociais  

Facebook: Adilson Minoru da Silva / Dj Mr Bean
Instagram: Dj Mr Bean
090-3457-7803

Curtir e Compartilhar: