Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O presidente dos EUA, Donald Trump, se encontrou na manhã de segunda-feira (27) com o novo casal imperial do Japão, Naruhito e Masako.

O carro de Trump e sua esposa Melania chegou no Palácio Imperial por volta das 9h20. O presidente americano desceu do veículo com uma gravata vermelha na mesma tonalidade da bandeira do Japão e cumprimentou o casal imperial em inglês.

Já dentro do Palácio Imperial, Trump foi recebido pelo casal imperial, o casal de príncipes Akishino, o primeiro-ministro Shinzo Abe e outros políticos. A imprensa japonesa informou que Trump e Naruhito tiveram uma breve conversa em inglês. O atual imperador do Japão domina a língua, tendo feito intercâmbio na Inglaterra quando jovem.

Depois de encontrar o imperador de manhã, o presidente americano se reuniu a tarde com o primeiro-ministro, Shinzo Abe. A reunião durou cerca de 2h40 considerando todo o tempo da reunião e almoço. Os dois líderes participaram de uma coletiva de imprensa, resumindo os principais pontos da conversa.

Trump e Abe prometeram que EUA e Japão vão trabalhar juntos para resolver os problemas com a Coreia do Norte. O líder americano prometeu apoio ao Japão para o caso dos japoneses feitos prisioneiros pelo regime de Pyongyang. Ao mesmo tempo, o presidente americano demonstrou confiança de que Kim Jong-un não vá trair o que foi conversado entre eles.

Sobre as relações comerciais entre os dois países, os EUA prometeram que vão fazer um anúncio importante sobre o assunto em agosto, mas não foram revelados maiores detalhes da parte de nenhum dos lados.

Por fim, a noite o presidente americano voltou a se encontrar com o imperador do Japão, Naruhito, participando de um jantar realizado por volta das 19 horas. Um total de 165 pessoas participaram do jantar, que incluiu políticos importantes e membros da família imperial.

O imperador Naruhito abriu o jantar com um discurso sobre as relações Japão-EUA, dizendo que “A relação entre os nossos países nos últimos anos aumentou profundamente em várias áreas, como política, economia, artes, cultura, esportes e alta tecnologia. Expresso minha felicidade pelos nossos laços”.

“As atuais relações entre Japão e EUA foram construídas com o sacrifício e luta de muitas pessoas. Ao mesmo tempo que carregamos este fato, desejo que os cidadãos de ambos os países expandam ainda mais a cooperação e aprofundem a um novo nível os nossos laços inabaláveis, contribuindo para um futuro repleto de esperança, paz e glória”, disse Naruhito.

O presidente americano respondeu que “os laços entre EUA e Japão criados com tanto carinho precisam ser protegidos para as futuras gerações”.

“Desejo de coração que a era Reiwa se torne uma era de paz e prosperidade para o Imperador, para a Família Imperial e todos os cidadãos japoneses”.

Fonte: Jiji.com, NHK WEB NEWS, HUFFPOST Japan

Curtir e Compartilhar: