Curtir e Compartilhar:

A conta de eletricidade e gás ficará mais cara a partir de novembro por conta do aumento do imposto de consumo de 8% para 10%, informaram a maioria das grandes companhias elétricas do Japão.

Os dados levam em consideração o valor médio mensal utilizado pelas residências japonesas.

Os números apontam que nas regiões administradas pela Companhia Elétrica de Chubu, a energia elétrica ficará 118 ienes mais cara, enquanto que pela Companhia Elétrica de Tóquio e Kansai ficará 105 ienes mais caro. Em Tohoku será de 102 ienes, enquanto em Kyushu de 93 ienes.

Já nas regiões administradas pela Companhia Elétrica de Chugoku e Shikoku o aumento será de 79 ienes, pela Hokuriku de 78 ienes, Hokkaido será de 74 ienes e em Okinawa de 54 ienes.

O aumento dos impostos também impactará no valor do gás, com alta de 118 ienes para a Toho Gas, 110 ienes para a Saibu Gas, 106 ienes para a Osaka Gas e 97 ienes para a Tokyo Gas.

Curtir e Compartilhar: