Curtir e Compartilhar:

O político do Partido Liberal Democrata, Katsuyuki Kawai, criticou a Coreia do Sul na terça-feira (8) durante visita aos EUA.

Em um discurso feito durante uma palestra, ele criticou a forma como Seul tem lidado com os recentes atritos políticos entre as duas nações.

No final de dezembro, a Coreia do Sul protestou contra o Japão por conta de um incidente na qual um avião das Forças de Autodefesa do Japão voava em baixa altitude e próximo a uma embarcação militar sul-coreana.

Já o lado japonês acusa o navio da Coreia do Sul de ter apontado o radar de controle de fogo contra a aeronave japonesa. Esse é apenas um dos vários atritos políticos entre os dois países, cujas relações diplomáticas pioraram muito nos últimos meses.

Kawai ressaltou que as atitudes recentes da Coreia do Sul são “um convite para uma situação perigosa e imprevisível”. Para ele os sul-coreanos têm sido agressivos contra o Japão, pois acreditam que Tóquio perdoará qualquer ação deles. Segundo suas palavras:

“A causa dessa situação é que o governo sul-coreano acredita que o Japão perdoará qualquer ação que eles fizerem”.

As declarações do político têm como plano de fundo, o passado militar japonês, que colocou a Ásia sobre domínio do antigo Império do Japão.

O país é alvo de críticas da China e da Coreia do Sul, principalmente do segundo, pelos crimes cometidos na península coreana durante a Segunda Guerra Mundial.

Na visão do ministro, os sul-coreanos se utilizam dessa justificativa para pedir o impossível ao Japão, ao invés de se sentar na mesa de negociações.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: