Curtir e Compartilhar:

O Dia Internacional da Mulher é celebrado no dia 8 de março, no contexto das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho e pelo direito de voto.

Em 2018, 21,5% das mulheres de 25 a 44 anos de idade concluíram o ensino superior contra 15,6% dos homens na mesma faixa etária, mas o rendimento delas equivalia a cerca de ¾ da renda masculina.

Ou seja, em média, as mulheres recebem 76,5% do montante recebido pelos homens. Elas estudam, trabalham fora, e ainda passam cerca de 73% a mais do tempo cuidando da casa e dos filhos.

Porém em meio a tanta desigualdade de salário, existem mulheres que estão mostrando que hoje a hierarquia no trabalho está mudando e muitas delas estão comandando empresas renomadas e respeitadas no mercado japonês.

Hoje você conhecerá a história inspiradora da empresária Nishi Sayoe, dona da empreiteira NS e também professora da escola profissionalizante Sayoe Nails. Ela é japonesa, fala o idioma português fluente e mostra como é importante estar conectada entre os estrangeiros, conhecendo sua língua e cultura para oferecer um serviço de excelência e diferenciado.


Sayoe Nishi, (36), é uma empresária de sucesso que através de muito esforço e dedicação conquistou o seu lugar ao sol no mundo dos negócios. Respeitada por ser uma mulher empoderada que não tem medo de trabalho, ela está sempre disposta a aprender e ouvir novas ideias. Sayoe, percorreu um longo caminho antes de alcançar o tão sonhado sucesso como empreendedora. E foi trabalhando como entregadora de jornal em porta em porta que ela aprendeu a dar valor a cada ¥1que recebia. Também trabalhou como atendente na central de informações da empresa de telefonia DOCOMO. Aos 19 anos de idade Sayoe, se formou na escola de manicure, em seguida foi contratada para trabalhar em um salão de estética e manicure.

Sayoe na inauguração da empreiteira NS e sayoe Nails, no novo endereço em Kariya.

Após trabalhar no salão de beleza, ela descobriu a importância de oferecer serviços direcionados para as mulheres independente da nacionalidade. Com o objetivo de ensinar os seus conhecimento de estética de maneira universal, ela decidiu criar a empresa “Sayoe Nails”, uma escola profissionalizante de unha.

Outro empreendimento de sucesso criado para atender japoneses e estrangeiros é a agência de emprego NS Kabushikigaisha.


Com uma agenda lotada de compromissos, Sayoe, revela que a maior dificuldade que ela encontrou foi aprender administrar a vida profissional com a vida pessoal. Mãe de dois filhos a empresária se desdobra para dar conta do recado com maestria.

“ Acredito que as mulheres empreendedoras desenvolvem  habilidades distintas e uma delas é saber ser flexível e determinada mesmo diante das tarefas do lar e também empresarial. As mulheres estão sujeitas a estarem fora do mercado de trabalho e muitas vezes abrem mão dos seus, devido a vários fatores que variam desde o casamento, gravidez e tarefas do lar. É preciso saber lidar com tudo isso e não perder o foco!” Diz Sayoe.

Com uma vasta experiência no mundo dos negócios e empreendedorismos Sayoe, planeja ajudar as mulheres a terem a sua própria independência financeira, principalmente para as mulheres estrangeiras. Ela percebeu que as mulheres de outros países que vivem no Japão a grande maiorias delas estão condicionadas a trabalhar como operária, mas essa realidade pode mudar desde que alguém possa ajudá-las a enxergar novas possibilidades e esse é um dos objetivos dessa japonesa que descobriu novos horizontes no mundo do empreendedorismo.

“Acredito em Deus, e sei da intervenção dele em cada desafio, acredite no seu potencial e continue persistindo.”

Curtir e Compartilhar: