Curtir e Compartilhar:

A situação em Hong Kong segue tensa e as forças policiais da cidade começaram a agir com mais violência aos protestos.

Na segunda-feira (2) começaram as aulas do segundo semestre letivo nas escolas da cidade, mas muitos estudantes boicotaram as aulas em sinal de protesto contra os recentes acontecimentos políticos envolvendo o governo.

A nova onda de protestos preocupa a polícia e as autoridades de Hong Kong. A cidade entra em seu terceiro mês de manifestações, o que tem deixado as autoridades mais impacientes.

Em vagões do metrô de Hong Kong, policiais usaram cassetetes e spray de gás lacrimogênio em parte dos manifestantes. A violência se repetiu em outros pontos da cidade, onde não somente os policiais estão se usando da força, como parte dos manifestantes estão depredando o patrimônio público.

No aeroporto de Hong Kong, a polícia foi enviada para liberar o trânsito próximo ao local e permitir o fluxo de pessoas pelo local.

As autoridades de Hong Kong não sabem quando a forte onda de protestos na cidade terminará.

Curtir e Compartilhar: