Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO (IPC Digital) – O secretário da Defesa norte-americano, James Mattis, assegurou nesta sexta-feira (3) em Tóquio que os Estados Unidos estão “100%” com o Japão, depois de declarações isolacionistas de Donald Trump que desagradaram a Tóquio.

Mattis chegou em Tóquio proveniente da Coreia do Sul, onde assegurou igualmente o compromisso de Washington para com Seul e advertiu a Coreia do Norte de que qualquer ataque terá uma resposta “eficaz e esmagadora”.

Os Estados Unidos têm antigas alianças militares com o Japão e a Coreia do Sul, mas durante a campanha para a presidência Trump ameaçou retirar forças norte-americanas se os dois aliados não aumentarem o apoio financeiro à presença militar.

Washington mantém cerca de 28.500 tropas na Coreia do Sul e 47.000 no Japão.

“Estamos firmemente, a 100%, ombro a ombro convosco e com o povo japonês”, disse Mattis perante a imprensa ao primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

O artigo 5.º compromete ambos os países a repelir ataques contra o outro no Japão ou em territórios administrados pelo Japão. Para os Estados Unidos, esses territórios incluem as ilhas desabitadas de Senkaku, no Mar da China Oriental, administradas pelo Japão, mas cuja soberania também é reclamada pela China.

Abe tem assegurado que o Japão assume a devida parte dos custos da aliança de defesa, que sustenta ser benéfica para os Estados Unidos, o Japão e a região.

FONTE: JORNAL DE NOTÍCIAS

 

Curtir e Compartilhar: