Curtir e Compartilhar:

OKINAWA – O líder das Forças Armadas dos EUA no Japão, Kevin B. Schneider, disse na quarta-feira (29) que os EUA apoiarão o Japão contra as crescentes invasões chinesas no território das Ilhas Senkaku, território disputado por Tóquio e Pequim, mas atualmente pertencente ao Japão.

A China tem intensificado suas atividades marítimas no Mar do Leste e Sul da China, com crescentes invasões nas águas territoriais japonesas na região das ilhas Senkaku. Estima-se que as atividades continuam de forma interrupta por mais de 100 dias.

O líder das Forças Armadas americanas no Japão participou de uma coletiva de imprensa online e disse que a China vem tomando atitudes ofensivas e de má fé no Mar do Leste e Sul da China.

Ele lembrou ainda que a China tem invadido as águas territoriais da China com uma frequência nunca visto antes. Schneider disse que é obrigação dos EUA ajudarem o Japão na região.

Os EUA prometeram ajuda na patrulha das águas marítimas, rastreamento das atividades chinesas e coleta de informações.

A China, por sua vez, protestou contra as declarações de Schneider, dizendo que são infundadas e que as ilhas Senkaku era um território chinês desde a antiguidade. O que a China faz na região é apenas uma patrulha em um território que pertence a Pequim e, que portanto, é um direito do país, segundo nota no Ministério das Relações Exteriores da China.

Curtir e Compartilhar: