Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A polícia prendeu na terça-feira (22), Tatsuya Yamaguchi, ex-integrante do popular grupo pop masculino japonês Tokio, por supostamente andar de moto sob a influência de álcool.

Yamaguchi, de 48 anos, dirigia uma motocicleta que bateu num carro que estava parado no semáforo no bairro Nerima em Tóquio, por volta das 9h30 da manhã. O ex-artista disse que estava a caminho da casa de um amigo e admitiu as acusações, de acordo com as fontes.

A polícia, que foi chamada ao local pelo motorista do carro, prendeu Yamaguchi depois que um teste do bafômetro revelou um teor de álcool mais de quatro vezes o limite legal.

O carro que transportava Tatsuya Yamaguchi entra na sede do Departamento de Polícia Metropolitana de Tóquio em 22 de setembro de 2020. (Kyodo)

Nem Yamaguchi nem o outro motorista foram feridos no acidente.

Tokio fez sua estreia musical em 1994 como um grupo de cinco membros, mas o número caiu para quatro depois que a agência de talentos do grupo Johnny & Associates rescindiu o contrato de Yamaguchi com a acusação de beijar à força uma estudante do ensino médio, que ele conheceu no trabalho. O fato aconteceu em sua casa em abril de 2018.

Os promotores não o indiciaram, entretanto, fontes disseram que a menina teria retirado a queixa.

Em julho deste ano, outro membro do grupo, Tomoya Nagase, anunciou que deixaria o grupo em março para prosseguir com seus próprios trabalhos.

Fonte: Kyodo

Curtir e Compartilhar: