Curtir e Compartilhar:

TENRYU – O ex-prefeito da cidade de Tenryu, Ryosaku Nakatani (88), foi condenado no ano de 2008 a pagar a multa no valor de 700.000 ienes pela confissão no crime de suborno.

Na época, Nakatani disse ter pago 200.000 ienes em dinheiro ao ex-diretor de uma escola municipal em troca de ter o resultado de um relatório de pesquisa de seu neto adulterado entre os anos de 2006 e 2007.

Doze anos se passaram desde a condenação e o ex-prefeito Nakatani pediu ao Tribunal Simples de Hamamatsu para refazer o processo judicial na sexta-feira (16), afirmando que a confissão de que ele havia entregue o dinheiro foi forçada pela investigação e que era inocente.

Segundo o advogado do ex-prefeito, um laudo de inquérito de 55 dias de interrogatório da época mostrou que o ex-prefeito foi obrigado a confessar enquanto negava.

Fonte: NHK / Imagem: Reprodução

Curtir e Compartilhar: