Curtir e Compartilhar:

GENEBRA – A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou essa semana o relatório das “Estatísticas da Saúde Mundial”.

A revelação mais importante do documento é que a expectativa de vida média no mundo subiu 5,5 anos entre 2000 e 2016. A média mundial em 2016 ficou em 72 anos, contra 66,5 anos do registrado em 2000.

A principal causa para o aumento da expectativa de vida tem ligação com a menor taxa de mortes entre crianças com menos de 5 anos. Em 16 anos as mortes de crianças por doenças como a malária, sarampos e outras enfermidades caiu em todo o mundo graças aos métodos de prevenção adotados em regiões da África Subsaariana.

Por outro lado, apesar dos avanços, o relatório da OMS alerta para a diferença ainda existente entre países desenvolvidos e as demais nações. Enquanto em Lesoto e na África Central a expectativa de vida é de 52 e 53 anos, na Suíça e no Japão o número sobe para 83 e 84 anos.

Outro problema é que as mortes em países desenvolvidos são em sua maioria de idosos, enquanto em nações pobres, de cada 3 mortos, um tem menos de 5 anos.

Fonte: Jiji.com

Curtir e Compartilhar: