Curtir e Compartilhar:

A empresa AEON anunciou que os funcionários da sua rede de supermecados AEON Retail passarão a ter o direito de escolher trabalhar até os 70 anos.

A medida começa a valer a partir do dia 21 de fevereiro para os funcionários efetivos ou que trabalham no sistema de part-timer (パート). Ao prolongar o vínculo empregatício o funcionário passa a trabalhar pelo sistema de part-timer.

Estima-se que todos os anos, 3.000 funcionários que trabalham na rede chegem a idade de aposentadoria, sendo que metade deles gostaria de continuar trabalhando.

A maioria das empresas japoneses estabelece os 65 anos como idade para aposentadoria, mas devido a crescente falta de mão de obra no país e a queda na natalidade, muitas companhias estão começando a se adaptar a nova realidade.

Curtir e Compartilhar: