Curtir e Compartilhar:

O governo da província de Chiba anunciou na sexta-feira (18) medidas de suporte à jovens estrangeiros interessados em trabalhar no Japão na profissão de helper.

O Japão terá toda a sua geração do pós-guerra (conhecida também como baby boomer) com mais de 75 anos em 2025. O país prevê falta de profissionais na área de cuidados de idosos em todas as regiões e, a menos em Chiba, o quadro pode começar a mudar.

O governador da província entrou com um projeto de incentivo aos jovens estrangeiros. O alvo da nova medida são os chamados estagiários asiáticos do programa de estágio técnico do governo japonês.

Eles poderão receber ajuda de custo para aperfeiçoar seus conhecimentos de japonês, além de contarem com o apoio de um novo centro de aconselhamentos de questões referentes ao trabalho e ao cotidiano.

O governo de Chiba pretende também educar não somente a mão-de-obra estrangeira, mas também os responsáveis pelas instituições de cuidados médicos, com treinamento de funcionários para que consigam lidar com os estrangeiros e evitem casos de abusos de poder e a consequente fuga de trabalhadores.

Além dos jovens estagiários, o programa prevê suporte aos intercambistas interessados em trabalhar na área. Os contemplados terão ajuda de custo para estudar em escolas técnicas de cuidados médicos, contarão com auxílio-moradia e suporte na hora de buscar emprego na área.

A administração do governo de Chiba calcula gastos de 108 milhões de ienes para a implantação das novas medidas. O valor ainda não foi confirmado, mas deve ser feito em breve, pois os últimos detalhes estão sendo acertados pela administração local.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: