Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, se pronunciou na quinta-feira (2) sobre a recente alta de casos de COVID-19 em Tóquio e nas regiões próximas a capital japonesa.

“É importante ficar em alerta e lidar com o problema junto com o governo de cada província que tem registrado um grande número de casos de COVID-19”, disse o premiê japonês.

Em Tóquio foram registrados 107 casos de COVID-19 na quinta-feira, com Saitama, Kanagawa e Chiba registrando 10 casos cada. As três são províncias que fazem fronteira com Tóquio.

Abe conversou com o ministro da Revitalização Econômica, Yasutoshi Nishimura, e está ciente da situação dos novos casos. Para os dois, ainda não há uma alta de casos na região metropolitana de Tóquio como um todo, não sendo necessário emitir um novo Estado de Emergência.

A afirmação de ambos tem como base os dados recentes de novos casos de COVID-19, cuja maior parte foi registrada em clubes noturnos e outros estabelecimentos de entretenimento jovem e adulto, como os presentes em Kabuki-cho em Shinjuku.

O governo, no entanto, recomenda que as pessoas tomem as medidas necessárias para evitar a contaminação e anunciou que vai realizar mais testes de PCR para evitar ao máximo uma segunda onda da doença.

Curtir e Compartilhar: