Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O ministro da Saúde, Katsunobu Kato, falou com a imprensa na sexta-feira (31) e disse que o governo japonês entrou em acordo com a empresa farmacêutica Pfizer, dos EUA, para fornecimento da vacina contra a COVID-19 que está sendo desenvolvida pela empresa.

O lote que deverá ser garantido pelo governo japonês prevê que até o mês de junho de 2021, cerca de 60 milhões da dose da vacina sejam entregue ao país.

A vacina da Pfizer está sendo desenvolvida em conjunto com empresas farmacêuticas da Alemanha e entra em fase avançada de testes já em agosto. Se tudo correr bem, a vacina pode ser aprovada em outubro deste ano.

Apesar de ser uma aposta do governo japonês para uma vacina que ainda não foi aprovada, os testes mostram que a vacina tem dado resultado.

O lote garantido pelo governo do Japão é de 120 milhões de vacinas, porém, como cada pessoa precisará tomar 2 doses para ficar imunizado contra a COVID-19, o total é de 60 milhões de pessoas que poderão ser vacinadas.

O ministro Kato disse, no entanto, que o contrato final ainda não fo assinado, mas o governo já adiantou que quer avançar com as negociações o mais rápido possível.

Curtir e Compartilhar: