Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O governo japonês decidiu na segunda-feira (10) novas políticas para evitar que os novos trabalhadores estrangeiros se concentrem nos grandes centros urbanos do país.

Desde o início da liberação do novo visto de habilidades específicas de n°1, o governo japonês está preocupado com a possibilidade da maioria dos novos trabalhadores estrangeiros conseguirem emprego nos grandes centros urbanos, onde o problema de falta de mão-de-obra é menor.

As autoridades japonesas querem mais estrangeiros nas regiões interioranas do país, que além da falta de mão-de-obra, sofrem com a migração dos jovens em direção aos grandes centros.

Pensando na questão, o governo japonês se reuniu para discutir políticas de integração dos estrangeiros em regiões afastadas dos grandes centros. As medidas incluem apoio aos municípios para que empresas locais consigam encontrar estrangeiros interessados em trabalhar nas regiões interioranas.

Outra proposta é a criação do “Centro de Convivência para o Estrangeiro”, formado por departamentos da Agência de Serviços de Imigração do Japão e da Hello Work, que auxilia pessoas a encontrar trabalho.

Por fim, o governo vai endurecer as políticas contra o problema de sumiço de intercambistas estrangeiros das faculdades japonesas. Muitos deixam as instituições para morar e trabalhar ilegalmente no país.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: