Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – Uma exposição de soluções para o transporte de idosos foi realizada pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão na quarta-feira (3).

O objetivo foi discutir medidas para evitar os acidentes de trânsito provocados por idosos, que tem aumentado no Japão junto com o aumento natural do número de motoristas com mais de 65 anos.

Entre as novidades apresentadas estão um pequeno veículo elétrico que foi criado para evitar que os idosos dirijam em alta velocidade. O pequeno modelo chega a uma velocidade máxima de 60 km/h e por ser compacto é um veículo mais fácil de manobrar na hora de estacionar. Ele poderá ser usado nas rodovias do país, embora precise de carteira de motorista.

A carteira de motorista é outro dos problemas tratados na exposição. Dependendo dos resultados dos testes de direção e renovação de carteira, os idosos são obrigados, em alguns casos, a devolver a carteira, o que diminui as opções de meios de transporte. O novo carro elétrico apresentado não resolve o problema, embora apresente uma solução um pouco mais seguro para os idosos.

Outra novidade apresentada e que não depende da carteira de motorista, é um pequeno patinete elétrico capaz de chegar a até 10 km/h. O veículo de três rodas é ideal para percorrer pequenas distâncias e pode ser acoplado em uma cadeira de rodas facilitando a locomoção.

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria e o governo japonês seguem estudando medidas para melhorar a vida dos idosos do país.

Fonte: TV Asahi 

Curtir e Compartilhar: