Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O governo do Japão sinalizou na segunda-feira (6) que manterá a intenção de flexibilizar as regras para a realização de eventos a partir do dia 10 de julho.

Ontem foi realizada uma reunião com especialistas para determinar os rumos da política do governo em relação à COVID-19.

Mesmo com os mais de 100 casos pelo 5° dia seguido, o governo não pretende voltar atrás em sua política contra o novo vírus.

Para os especialistas, a maior parte dos novos infectados são de jovens e há poucos novos casos graves. Por conta disso, a quantidade de leitos nos hospitais do país é alta e o sistema de saúde não está sobrecarregado. Os especialistas consideram que a situação é diferente da registrada no começo de abril, quando foi emitido o Estado de Emergência.

A partir do dia 10 de julho, eventos de pequeno porte poderão ser realizados no país. Com a flexibilização, entre 1.000 e 5.000 pessoas poderão participar de eventos realizados no país.

A próxima reunião do governo será realizada na metade de julho. O tema principal dessa próxima reunião é como evitar a disseminação da pandemia, ao mesmo tempo em que se mantem as atividades sociais e econômicas do país.

Curtir e Compartilhar: