Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O governo japonês quer que o próximo caça de combate, substituto do F2, seja desenvolvido por pesquisadores e empresas do Japão.

A proposta foi lançada na terça-feira (11) e trata da próxima geração de caças nacionais do Japão. O atual F2 utilizado pela Força Aérea de Autodefesa do Japão sairá de serviço em 2030 e o governo já se prepara para encontrar seu substituto.

A decisão final será tomada nos próximos 5 anos, mas o governo já sinalizou que o desenvolvimento deve ser feito pelo Japão, com a cooperação de empresas internacionais. A cooperação, contudo, será apenas nas áreas em que Tóquio não considere delicadas para o seu programa de desenvolvimento de caças.

Para colocar em funcionamento o projeto de um caça japonês, o governo pretende montar uma equipe especializada no Ministério da Defesa do país a fim de aconselhar e discutir a produção do caça.

O governo também espera definir até o ano que vem o orçamento para o desenvolvimento do novo armamento, além de encontrar empresas nacionais interessadas em participar do projeto.

O primeiro-ministro Shinzo Abe estabeleceu que o plano final não deve ser muito do discutido na terça-feira e adiantou que a cooperação internacional se dará, principalmente, com os EUA.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: