Curtir e Compartilhar:

Namie – Em 2011 a cidade de Namie, em Fukushima, foi uma das várias regiões afetadas pelo Grande Terremoto de Tohoku. O local ficou devastado, impossibilitando a realização de atividades econômicas.

Entretanto, mais de sete anos depois catástrofe, pouco a pouco o cenário na região começa a mudar. Um investimento liderado pelo grupo financeiro Mitsubishi UFJ investirá 100 bilhões de ienes (3,2 bilhões de reais) para construir 200 mil painéis solares em uma antiga área agrícola de 90 hectares. O local fica apenas 3 km distante da estação da JR Namie.

O projeto faz parte do plano de revitalização econômica da região e pode contribuir para diminuir a dependência nuclear do Japão. O poder dos 200 mil painéis solares será de 60 mil kWh, o suficiente para abastecer 15 mil residências.

O grupo de investimento responsável pelo projeto quer iniciar a geração de energia a partir de 2020. O plano é enviar a energia produzida em Fukushima para a capital Tóquio, tudo pensando na demanda de eletricidade necessária para realizar os Jogos Olímpicos.

Fonte: ANN 

Curtir e Compartilhar: