Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – Um homem de 43 anos foi preso em Kushiro, província de Hokkaido, na quinta-feira (30) acusado de ameaçar de morte o jogador de shogi (xadrez japonês) Sota Fuji.

O criminoso Hatakeyama Takuya enviou as mensagens pela internet, a partir do formulário de contato da Associação Japonesa de Shogi. O caso foi registrado no dia 4 de julho pela Polícia de Tóquio.

A mensagem dizia que “caso você continue jogando, vou matá-lo”. Sota Fuji é um jovem prodígio do jogo e recentemente ganhou o seu primeiro grande título da categoria, tornando-se o mais jovem a conquistar o feito.

A polícia conseguiu capturar o criminoso depois de rastrear o seu IP e descobrir a localização de sua residência. A prisão ocorreu na manhã do dia 30 de julho e o criminoso foi enviado de Hokkaido para Tóquio.

Hatakeyama confessou o crime e disse que escreveu a ameaça por “estar irritado”.

Nos últimos meses a polícia japonesa está preocupada com casos de ameaças online, principalmente depois de julho de 2019, quando Aoba Shinji postou mensagens de que colocaria fogo no estúdio do Kyoto Animation, executando a ação semanas depois. Desde então, o monitoramento online em fóruns e sites está mais intensa.

Curtir e Compartilhar: