Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – Um operário de 50 anos que trabalhava nas obras das Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tóquio 2020 morreu de insuficiência cardíaca, informou o Departamento de Polícia de Tóquio na terça-feira (13).

Ele trabalhava na região de Odaiba, no pavilhão de exposições do Tokyo Big Sight, que será usado como um centro de imprensa para os jornalistas do mundo todo durante o evento.

A morte ocorreu no último dia 8 de agosto. O homem foi levado inconsciente para o hospital e não resistiu. A polícia acreditava que a morte tivesse sido causada pela insolação, mas os médicos que trataram o homem disseram que a causa da morte foi insuficiência cardíaca.

Por outro lado, o Comitê Olímpico de Tóquio pediu para que os organizadores do evento tomem as devidas medidas de segurança para garantir a saúde dos operários. As medidas incluem checagens diárias de saúde, fornecimento de água e pastilhas de sal, além de outras ações.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: