Curtir e Compartilhar:

MOSCOU – Em meio as notícias ruins por conta da pandemia do novo coronavírus, um fato chamou atenção da imprensa russa e mundial na quinta-feira (14).

Uma idosa russa de 99 anos, Pelageya Poyarkova, foi internada com coronavírus em um hospital da capital Moscou.

A imprensa russa não divulgou o dia em que a idosa foi internada, mas revelou que Poyarkova chegou ao hospital antes de apresentar sintomas graves da doença. A alta da idosa aconteceu na quarta-feira (13), no dia em que ela completou 100 anos de idade.

A alta foi comemorada pela equipe médica, que entregou flores para Poyarkova e a aplaudiu pelo esforço para superar o coronavírus. O médico responsável pelo tratamento da idosa relata que foi bom a paciente ter chegado ao hospital antes que sintomas graves da doença se manifestassem. Ele disse ainda que ela foi muito forte em suportar os sintomas do COVID-19 e aguentar o tratamento.

A Rússia atualmente é o segundo país com mais casos confirmados do COVID-19, com mais de 240 mil pessoas. A confirmação diária de casos em um dia ultrapassa os 10 mil, segundo fontes oficiais.

Curtir e Compartilhar: