Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A Agência de Serviços Imigratórios do Japão anunciou na segunda-feira (29) que voltará a imprimir o Certificado de Elegibilidade, documento necessário para que estrangeiros possam solicitar o visto japonês.

Os pedidos estavam interrompidos desde fevereiro, quando houve o início da pandemia de COVID-19 no país. O governo japonês recebeu muitos pedidos para voltar a liberar o documento, especialmente de japoneses que casaram com estrangeiros e estes estrangeiros ficaram impossibilitados de entrar em território japonês, por conta das restrições impostas.

No entanto, apesar da volta da emissão do Certificado de Elegibilidade, isso não significa que qualquer estrangeiro poderá solicitar o documento. A medida vale para os países que são considerados seguros pelo Japão em relação à situação atual da pandemia do novo coronavírus.

Um destes países é o Vietnã, com o governo japonês oficializando o retorno dos voos entre os dois países. Com o aumento de pessoas vindos do país asiático, mais Certificados de Elegibilidade devem ser emitidos para vietnamitas.

Outros países como Nova Zelândia, Austrália e Tailândia devem ser beneficiados pela medida nas próximas semanas, já que são países que devem sair da lista de restrições do governo japonês.

No caso do Brasil, EUA e países que estão tendo dificuldades para lidar com a pandemia, a emissão do documento continuará suspensa por tempo indeterminado. Aqueles que já residem no país, no entanto, podem renovar o visto, uma vez que não há a necessidade de apresentar o Certificado de Elegibilidade.

Curtir e Compartilhar: