Curtir e Compartilhar:

O imposto de 1 mil ienes para pessoas que deixarem o Japão começará a ser cobrado a partir do dia 7 de janeiro de 2019.

Todas as pessoas, sejam turistas estrangeiros ou japoneses saindo do país para turismo ou negócio, precisarão pagar a taxa do imposto de embarque. A exceção são as pessoas que entram no Japão e deixam o país em menos de 24 horas, além de crianças com menos de 2 anos de idade.

O novo imposto foi criado para melhor receber os turistas, tornar mais rápido e simples o processo de entrada e saída do Japão, além de melhorar as instalações turísticas do país.

A previsão do governo é arrecadar 50 bilhões de ienes com o novo imposto somente em 2019. O destino desse montante não foi completamente revelado, mas o governo adiantou que o sistema de reconhecimento facial utilizado na imigração será um dos destinos do dinheiro.

Outras medidas incluem a melhora nos serviços de tradução em língua estrangeira de aeroportos e outras instalações públicas, assim como, a adoção de equipamentos que aceitem o pagamento realizado por meios digitais de compra.

A nova medida visa atender o rápido crescimento de turistas no Japão, que em 2018 ultrapassou pela primeira vez os 30 milhões. A expectativa para 2020, quando o país será sede dos Jogos Olímpicos é de passar os 40 milhões.

Fonte: Jiji.com

Curtir e Compartilhar: