Curtir e Compartilhar:

Uma equipe de profissionais médicos de um hospital em Wuhan diz que cerca de 40% dos pacientes com o novo coronavírus que eles trataram podem ter contraído a doença no hospital.

A equipe trabalha em um hospital da Universidade Wuhan, na cidade chinesa, no coração do surto.

Eles publicaram suas descobertas no Journal of the American Medical Association na sexta-feira.

O estudo diz que 138 casos foram confirmados no hospital entre 1 e 28 de janeiro. Desses, 41% ou 57 pessoas eram de equipes médicas ou pacientes que foram inicialmente hospitalizados por outros motivos.

O estudo descobriu que um paciente no departamento cirúrgico pode ter infectado mais de 10 membros da equipe do hospital.

Ele diz que, embora os pacientes apresentem sintomas como febre alta e sensação de fadiga, os pesquisadores revelaram que 10% apresentavam sintomas atípicos como diarréia ou queixavam-se de náusea.

Conclui que era difícil rastrear pacientes com sintomas não associados anteriormente ao vírus. A equipe diz que uma característica importante do novo coronavírus é a rápida transmissão de humano para humano

Curtir e Compartilhar: