Curtir e Compartilhar:

As comemorações da entronização do imperador do Japão, Naruhito, terminaram na noite da terça-feira (22).

Foi um dia inteiro de compromissos e atividades para o novo imperador do Japão. As festividades começaram por volta das 9 e meia da manhã com a cerimônia conhecida como Kyuchu-sanden. A tradicional cerimônia serve para transmitir aos antepassados e deuses do xintoísmo a entronização do novo imperador.

As atividades continuaram a partir das 13h10, data em que foi iniciada a cerimônia principal do dia. Chamada de Sokui Reisei-den, a cerimônia serve para comunicar aos japoneses e todas as nações do mundo sobre a entronização do imperador.

Os líderes e representantes de mais de 180 países compareceram a esta cerimônia que foi realizada no Palácio Imperial em Tóquio. O imperador leu uma carta endereçada para todos os cidadãos japoneses.

“Desejo a felicidade aos japoneses e a paz mundial. Vou caminha junto dos cidadãos, respeitar a Constituição e juro cumprir o meu papel como símbolo do Estado e da união do povo japonês”, disse Naruhito.

Um total de 11 membros da Família Imperial assistiram de perto da cerimônia, na luxuosa sala Matsu no Ma, reservada para cerimônias especiais da corte.

O imperador Naruhito e a imperatriz Masako seguiram vários rituais religiosos do xintoísmo, que vão desde os trajes tradicionais do Japão antigo, até as cerimônias com itens sagrados como a espada e o espelho.

A cerimônia para entronização do Trono do Crisântemo teve a participação de políticos dos três poderes do Japão, do primeiro-ministro, Shinzo Abe, de representantes de vários setores da sociedade japonesa, além de líderes e representantes estrangeiros. Cerca de 2 mil pessoas compareceram a cerimônia.

A palavra em nome do povo japonês coube ao primeiro-ministro, Shinzo Abe, que leu uma carta endereçada ao imperador e terminou seu discurso se curvando diante de Naruhito e depois levantando os braços e gritando “Banzai” três vezes. O gesto serve para desejar vida longa ao novo imperador.

O dia de festividades terminou a noite com a última cerimônia do dia, a Kyouen, no Gi. O casal imperial compareceram a sala Take no Ma, onde cumpriram o primeiro, da série de quatro rituais do Kyouen no Gi. Os outros serão realizados nas próximas semanas.

O ritual contou novamente com a presença de vários líderes e representantes de outros países e terminou com um banquete oferecido pela Casa Imperial à todos os convidados.

Curtir e Compartilhar: