Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A Federação de Futebol do Japão anunciou na segunda-feira (22) a desistência de sua candidatura como sede da Copa do Mundo Futebol Feminino 2023.

Além do Japão, Colômbia, Austrália e Nova Zelândia estão concorrendo a vaga como sede do torneio. A votação online será iniciada no dia 25 de junho, mas o Japão decidiu desistir da candidatura dias antes da votação.

Para os dirigentes da Federação de Futebol do Japão o torneio seria interessante para promover a nova liga feminina nacional de futebol do país, a WE League, que começa no outono do ano que vem.

No entanto, com os problemas provindos da pandemia de COVID-19, com o consequente adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, a federação julgou que seria complicado para o país sediar dois grandes eventos internacionais em um espaço tão pequeno de tempo.

Outro motivo é que o Japão não era tão avaliado em alguns itens como estádios e hotéis, comparado com a Austrália e a Nova Zelândia, o que diminuía bastante as chances do país de sediar o evento.

Curtir e Compartilhar: