Curtir e Compartilhar:

NOVA YORK (IPC Digital) – O Japão definiu que não irá aceitar refugiados sírios como a Europa. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse que o país asiático necessita melhorar as condições de vida de sua própria população, principalmente mulheres e idosos, antes de aceitar os refugiados da Síria, informou a Reuters.

Depois de anunciar na Assembleia Geral da ONU, na terça-feira (29), que seu país fornecerá 1,56 bilhão de dólares em assistência aos afetados pelo conflito na Síria e no Iraque, Abe foi questionado em uma coletiva de imprensa se aceitará refugiados.

“É uma questão de demografia. Eu diria que antes de aceitar imigrantes ou refugiados, devemos ter mais atividades para as mulheres e os idosos, e temos de elevar a nossa taxa de natalidade. Há muitas coisas que devemos fazer antes de aceitar imigrantes”, respondeu.

Curtir e Compartilhar: