Início Internacional Japão e Rússia voltam a demonstrar interesse de acelerar discussões para assinatura...

Japão e Rússia voltam a demonstrar interesse de acelerar discussões para assinatura de tratado de paz

371
Curtir e Compartilhar:

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e o presidente da Rússia, Vladmir Putin, aproveitaram o encontro do G20 que está sendo realizado na Argentina, para negociar o acordo de paz entre os dois países.

A reunião dos dois líderes foi por volta das 2h30 da madrugada de domingo (2) pelo horário japonês, com duração de 45 minutos. Foi o 24° encontro dos dois líderes e o primeiro depois da reunião realizada em Singapura no dia 14 de novembro.

Japão e Rússia negociam há anos um acordo de paz, mas o tratado nunca saiu do papel por conta das Ilhas Curilas, território ao norte da ilha de Hokkaido, que é disputado entre os dois países. As ilhas foram tomadas pelo exército soviético no fim da Segunda Guerra Mundial.

O atual primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, tem mostrado sinais de que quer chegar a um acordo com os russos, e sugeriu acelerar as negociações segundo os termos da Declaração Conjunta Rússia-Japão feita em 1956, que propõe a assinatura de um tratado de paz mediante a devolução das ilhas de Habomai e Shikotan, ambos territórios das Ilhas Curilas.

No entanto, o objetivo do Japão é recuperar todo o território das Curilas, então as concessões de Abe tem o propósito de tentar levar a Rússia para a mesa de negociações.

O presidente Vladmir Putin tem reagido de forma positiva as intenções do premiê japonês e classificou como importante “utilizar todas as oportunidades possíveis para melhorar a cooperação entre os dois países”.

Ainda que uma possível negociação de devolução total das ilhas ao Japão pareça pouco provável, projetos de cooperação econômica e de turismo estão sendo discutidos pelos dois governos, além de viagens esporádicas de ex-moradores japoneses da ilha, para visitar o túmulo de seus antepassados.

Abe e Putin vão deixar as negociações nas mãos de seus ministros das relações exteriores. Taro Kono, do Japão, e Sergey Lavrov, da Rússia, assumirão a responsabilidade pelo diálogo entre os dois lados.

Os primeiros frutos das negociações podem aparecer já no começo do ano que vem, uma vez que Abe visita a Rússia em janeiro de 2019.

Fonte: Nihon TV, TV Asahi, NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: