Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O governo japonês anunciou no sábado (6) que estuda flexibilizar as exigências para os estrangeiros de certos países entrarem no Japão.

No momento o governo está conversando com as autoridades do Vietnã, Tailândia, Austrália e Nova Zelândia, para voltar a aceitar estrangeiros destes países. A liberação dos vistos ficaria restrita a área de negócios e aos estagiários asiáticos, especialmente provindos do Vietnã.

O governo pretende realizar testes de PCR nos estrangeiros assim que eles chegarem nos aeroportos do Japão, além de exigir um comprovante médico de que eles não portavam o coronavírus antes de deixar os seus países.

Outra medida estudada é o de aliviar a quarentena de 2 semanas, que é atualmente um grande empecilho para as atividades dos estrangeiros no Japão. Além dos exames frequentes, a intenção do governo é limitar a deslocação dos estrangeiros, limitando-as ao caminho casa/hotel e trabalho, além de exigir o envio de um documento por escrito com o cronograma e plano de estudo/trabalho durante a estadia no Japão.

A decisão do governo deve sair durante a metade de junho.

Curtir e Compartilhar: