Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O governo do Japão anunciou na terça-feira (21) que as Forças Marítimas de Autodefesa do país realizaram um exercício militar conjunto com EUA e Austrália no Mar do Sul da China.

O exercício foi realizado no dia 19 de julho e contou com a participação de 9 embarcações dos 3 países.

O Japão enviou o destróier Teruzuki para participar do treino, enquanto os EUA enviaram o porta-aviões nuclear Ronald Reagan. Já a Marinha da Austrália enviou navios de assalto anfíbio.

Os três países já haviam se reunido para discutir as ações chinesas nos mares da região e concordaram que é preciso reforçar as defesas no Pacífico, para impedir que os chineses alcancem todas as suas ambições territoriais na região.

A China tem construído muitas ilhas artificiais na Zona Econômica Exclusiva de vários países da região. As ilhas estão sendo fortemente armadas, o que tem gerado protesto dos países asiáticos.

Japão e Austsrália temem que os chineses possam querer avançar sobre seus territórios, enquanto os EUA querem deter o aumento e expansão dos chineses na Ásia.

Curtir e Compartilhar: