Curtir e Compartilhar:

O Japão está pedindo aos visitantes que não tragam produtos à base de carne como parte de medidas preventivas contra a peste suína africana.
O Ministério da Agricultura está vigilante antes do feriado do Ano Novo Lunar, durante o qual muitos turistas chineses devem chegar ao Japão.
Ele fez 900 pôsteres e os distribuiu para aeroportos e portos marítimos em todo o Japão.
Os cartazes em chinês dizem que as pessoas podem pegar até três anos de prisão, ou uma multa de até 9.000 dólares, se violarem a proibição de trazer produtos à base de carne.
O ministério também foi ao Twitter pedir aos residentes estrangeiros no Japão que não voltem com lembranças como salsichas ou pães de carne.
A peste suína africana está se espalhando em 12 países e territórios asiáticos, incluindo China e Coréia do Sul. É um tipo diferente de peste suína do que é detectado no Japão.
A doença é fatal para os porcos, sem uma vacina eficaz disponível atualmente.
O ministério está adotando medidas de quarentena nos aeroportos para evitar um possível surto que possa ter um enorme impacto na indústria pecuária do país.

Curtir e Compartilhar: