Início Nacional Japão promulga lei para promover participação feminina na política

Japão promulga lei para promover participação feminina na política

125
Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO (Japão) – A Assembleia do Japão promulgou uma lei para promover a participação das mulheres na política em meio aos esforços do governo do primeiro-ministro Shinzo Abe para abordar a baixa representação política das mulheres no Japão.

Mas não está claro se a legislação vai aumentar imediatamente o número de mulheres políticas e diminuir a disparidade entre homens e mulheres, já que é uma legislação não vinculativa e não penaliza seus infratores.

A nova lei insta os partidos políticos envolvidos em eleições nacionais e locais para “fazer esforços” para definir metas numéricas para as mulheres candidatas durante outras etapas.

Segundo a União Interparlamentar, uma organização de parlamentos nacionais com sede em Genebra, as mulheres representavam apenas 10,1% dos parlamentares na Câmara dos Representantes, classificando o Japão em 158º entre os países.

Embora o governo tenha almejado aumentar a proporção de mulheres candidatas nas eleições nacionais para 30% até 2020, o número era de 17,7% na eleição para a câmara baixa em outubro passado.

Entre os 19 ministros do atual Gabinete, há apenas duas mulheres, a ministra de Assuntos Internos, Seiko Noda, e a ministra da Justiça, Yoko Kamikawa.

A representação feminina é igualmente baixa nas assembleias locais do Japão.

Protestos contra o assédio sexual ocorreram no Japão após a renúncia de Junichi Fukuda como vice-ministro da Fazenda por supostamente fazer comentários sexualmente sugestivos a uma repórter de TV.

O ministro das Finanças, Taro Aso, também atraiu criticas por dizer que o ex-alto funcionário do ministério poderia ter ficado preso.

Curtir e Compartilhar: