Curtir e Compartilhar:

O Japão relatou mais de 970 novos casos do novo coronavírus na quarta-feira (12), enquanto os centros urbanos, incluindo Tóquio e Osaka, continuaram registrando altos níveis de infecção.

Tóquio confirmou 222 novos casos de coronavírus, dos quais cerca de 67% tinham rotas de transmissão desconhecidas. O governo metropolitano disse que pessoas na faixa dos 20 e 30 anos são responsáveis ​​por 60% das infecções, enquanto 26 pessoas têm 60 anos ou mais.

O aumento em um único dia na capital comparou com 188 na terça, 197 na segunda e 331 no domingo.

O total acumulado de Tóquio agora é de mais de 16.474, enquanto o de todo o país chegou a 52.000.

A média diária de novas infecções em Tóquio nos últimos sete dias ficou em 312,7, de acordo com o governo metropolitano, que elevou seu próprio alerta de pandemia para o mais alto dos quatro níveis, o que significa que “as infecções estão se espalhando”.

Tóquio solicitou aos residentes que evitem viajar, inclusive para cidades natais durante a temporada de férias Obon e para locais de karaokê e bares até o fechamento às 22h. até o final de agosto.

Na quarta-feira, a liga de futebol profissional do Japão adiou uma partida da Levain Cup entre Sagan Tosu e Sanfrecce Hiroshima depois que 10 membros do time Sagan, incluindo o gerente e seis jogadores, testaram positivo para o novo coronavírus.

A Prefeitura de Osaka relatou 184 novos casos, marcando seu nono dia consecutivo de infecções de três dígitos e elevando seu total acumulado para 6.178.

O governo da província pediu na semana passada aos estabelecimentos de diversão noturna no principal distrito de entretenimento de Minami para fechar ou encurtar o horário de funcionamento até 20 de agosto.

Fonte: Kyodo

Curtir e Compartilhar: